Breaking News

terça-feira, 21 de maio de 2019

Em casa a campanha é 100%

+3 pontos dentro de casa. Foto: Ricardo Duarte/Internacional
+3 pontos na conta. Foto: Ricardo Duarte/Internacional



Diante do confronto entre Inter x CSA, a equipe de Odair confirma mais uma vez estar muito bem em seus domínios. Os 27.194 torcedores que foram ao gigante, saíram satisfeitos. Próximos ao G4, em quinto na tabela com nove pontos somados. 



Início de tentativas de chutes para o gol com Lindoso, em seguida com CSA para a defesa de Lomba. 

A lastima de ocasião foi a perda de Moledo aos 15 minutos do 1T, com isso entra Emerson Santos e entra muito bem na vaga do camisa 4. 


As maiores oportunidades foram do colorado, apertando a marcação adversária e concluindo para o gol, Jordi, goleiro do time de Alagoas teve um leve trabalho (risos). Passe açucarado de Andrés, toque de Iago e conclusão de Nonato. Explode o gigante para sempre!



E não ficou apenas nisso, a equipe do Odair não deixou de atacar, arriscar. Nos acréscimos, Cuesta marcou o seu, comemoração à toa pois foi assinalado impedimento através do VAR (será mesmo que estava?).  "Véinho" que veste a 10 jogou o fino, merecia marcar o seu. Um segundo tempo de muitas faltas, oportunidades em mais ênfase para os vermelhos, o gol estava amadurecendo e que gol, gol do motorzinho. O cara da camisa 8, Super ED. 



Com "nojo" da vida, estufou a rede de Jordi e mandou um "busca mongo" e fechou a conta. Nossa papai, que volantes do bem. Eu que gosto, dentro de casa estamos 100%.



Próximo confronto será fora de casa, na Vila Belmiro contra o Santos. Domingo (26/05) às 16:00. 



Ficha técnica



Internacional (2): Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo (Emerson Santos), Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenilson e Nonato; D'Alessandro (Sarrafiore), Nico Lopez (Neilton) e Paolo Guerrero. 



Técnico: Odair Hellmann



CSA (0): Jordi; Apodi, Gérson, Luciano Castan e Carlinhos; Naldo, Nilton (Victor Paraíba), Madson (Maranhão), Didira e Matheus Sávio (Gerson Júnior); Patrick Nascimento.



Técnico: Marcelo Cabo.



Gols: Nonato, aos 36/1T e Edenilson, aos 19/2T (I)



Local: Estádio Beira-Rio 



Arbitragem: Rodrigo Carvalhães de Miranda, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique de Corrêa e Carlos Henrique Alves de Lima Filo (trio do RJ)



Cartões amarelos: Zeca e Victor Cuesta (I); Jordi, Luciano Castán e Nilton (C)



Público total: 27.194


Hugo Severo

Nenhum comentário:

Postar um comentário