Breaking News

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Em estréia pela Copa do Brasil Palmeiras arranca vitória no fim do jogo contra o Sampaio Corrêa


O Palmeiras fez hoje sua estreia na Copa no Brasil e foi até São Luís do Maranhão no Castelão enfrentar o Sampaio Corrêa. Antes mesmo dos times entrarem em campo a torcida do Sampaio deu um show de alegria e empolgação com o time conseguindo uma vaga tão importante.
Em um jogo morno, e com poucas chances de gol para ambas as equipes, o Palmeiras mesmo jogando muito mal conseguiu abrir o placar no finalzinho do jogo.
Já o Sampaio Corrêa com todas as limitações de sua equipe jogou muito melhor que o time alviverde, mostrou mais vontade de vitória, porem a falta de qualidades técnicas deixaram concluir chances que poderiam ter levado vantagem no placar.
Felipão optou por um time misto, colocando em campo somente Felipe Mello dos titulares, alguns jogares foram poupados, como Zé Rafael, Rafael Veiga, Bruno Henrique, e alguns estavam no banco como Dudu, Goméz, e o goleiro Weverton.

O Primeiro Tempo

O começo do jogo foi meio lento, e com pequenas faltas paras duas equipes. Aos 16' em uma bela jogada de tabela entre Moisés e Hyoran, Moisés tenta um chute, o meia até poderia ter tentado um cruzamento para o centroavante Arthur, mas preferiu atacar e a bola acabou indo pra fora.
Aos  22' Lucas Lima rouba uma bola e avança em um contra-ataque onde toca para o atacante Carlos Eduardo, que acaba errando o chute.
Chegou a vez do time maranhense mostrar perigo, aos 31’ o centroavante Salatiel tem uma belíssima chance mas para em Edu Dracena que trava a bola, saindo para escanteio, que é cobrado e o mesmo Salatiel leva perigo novamente para o gol do Fernando Prass.
Aos 36' Hyoran sofre uma falta na entrada da grande área e o mesmo cobra, com um lindo chute que surpreendeu a todos, mas para nossa infelicidade o goleiro Andrey defendeu, a bola ainda bateu na trave e sobrou na área, mas nenhum dos nossos atacantes acreditaram na jogada. 
O Sampaio Corrêa volta a pressionar aos 40' em uma cobrança de escanteio Felipe dias chuta na primeira trave e vai pra fora.

O Segundo tempo 

O   Sampaio Corrêa começa oferecendo perigo logo no início do segundo tempo, e mais uma vez Fernando Prass é utilizado no jogo.
Aos 8' mais uma chance para o Palmeiras em um cruzamento de Carlos Eduardo, a bola passa entre as pernas do zagueiro do Sampaio mas sai pela linha de fundo.
Em uma dividida o atacante do Palmeiras se choca contra o goleiro Andrey do Sampaio, que o deixou desacordado por um tempo. O goleiro foi atendido em campo. No choque houve uma pancada na cabeça, que abriu um ferimento com corte, para estancar o sangramento, Andrey seguiu em campo com uma touca de natação.
O jogo segue e o time Maranhense continua oferecendo perigo, aos 17' em um cruzamento Prass defende e a bola que no rebote cai nos pés de Salatiel onde domina gira e chuta para o gol para mais uma defesa do goleiro alviverde. 
Aos 25' o jogo teve que ser parado novamente para um novo atendimento do goleiro Andrey, que se sentiu com mal-estar e precisou ser atendido em campo, mas não precisou ser substituído.
            E só no finalzinho do jogo, Dudu sofre uma falta, e Moisés cobra, batendo baixo indo em direção ao gol, que por uma falha do goleiro Andrey a bola acaba entrando, e abrindo o placar para o Verdão.
            O Palmeiras leva a vantagem de um empate para a decisão em casa na próxima quinta-feira 30/05 as 20:00. É a decisão para ver quem avança para as quartas de final, o Verdão busca o tetra, já o Sampaio Corrêa busca seu primeiro título da Copa do Brasil.


Lance do jogo
Fonte: Terra.com.br


FICHA TÉCNICA SAMPAIO CORRÊA 0 x 1 PALMEIRAS
Data: 22/05/2019
Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC) Assistentes: Helton Nunes e Alex dos Santos (ambos de SC)
Cartões Amarelos: Douglas Assis (Sampaio Corrêa)
Cartão Vermelho: não houve
Gol: Moisés, aos 46 minutos do segundo tempo
Sampaio Corrêa: Andrey; Everton, Douglas Assis, Moisés Lucas e Felipe Dias; Eloir, Diones, Dedé e Cleitinho (Esquerdinha); João Paulo (Gustavo) e Salatiel. Treinador: Julinho Camargo.
Palmeiras: Fernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Felipe Melo, Moisés e Lucas Lima (Felipe Pires); Carlos Eduardo, Hyoran (Dudu) e Arthur Cabral (Deyverson). Treinador: Luiz Felipe Scolari.

Por: Rafaela Marinello
Twitter:@rafa_marinello

Nenhum comentário:

Postar um comentário