Breaking News

sábado, 18 de maio de 2019

Phillip Eng vence no retorno do DTM à Zolder

Foto: Divulgação/DTM.com



Neste Sábado, 18, o DTM retornou à Zolder,na Bélgica após um hiato de 17 anos, e coincidentemente 35 anos após Herald Grohs vencer a primeira corrida do DTM, também em Zolder a bordo de um BMW 635 Csi, a BMW retorna ao lugar de prestígio do pódio.

 Os três primeiros no classificatório foram Marco Wittmann, arrematando sua segunda pole no campeonato, dividindo a primeira fila com ele, Rene Rast com seu Audi #33, na segunda fila Bruno Spengler e Sheldon Van der Linde.
Spengler fez uma largada sensacional e assumiu a primeira posição antes mesmo da primeira curva, Rast e Wittmann duelaram lado a lado nas duas primeiras curvas, mas o #11 tracionou melhor na saída da curva 2 e assumiu a segunda posição.

 Em estratégias curiosas, Paul DiResta realizou seu pitstop ainda na primeira volta da prova, e na volta seguinte, seu companheiro de Aston Martin, Habsburg e o piloto do Audi #99 Mike Rockenfeller também apostaram nessa estratégia. Robin Frijns, Pietro Fittipaldi e Loïc Duval foram punidos com 5 segundos por terem largado a frente das marcações de suas respectivas posições no grid.

 A 13ª volta trouxe azar para a R-Motorsport e dois de seus Aston Martin Vantage DTM, pois Daniel Juncadella, que vinha em 8º teve problemas com seu carro, e o abandonou na curva 11, causando um safety car, e mais à frente, Jake Denis que após o abandono de Juncadella passou a ocupar o 8º posto, abandonou na entrada dos Pitstops. Durante o período que o carro de segurança esteve na pista,  Rockenfeller e DiResta retornaram aos boxes e trocaram pneus novamente, e repetiram a mesma estratégia que René Rast utilizou para vencer a 2ª prova de Hockenheim.

 Na relargada Van der Linde assume a 3ª posição, ultrapassando Rast, enquanto Pietro Fittipaldi que vinha em 7º caiu para 11º. Na 28ª volta a direção de prova exibiu para Aberdein a bandeira preta com um disco laranja no centro, significando que ele deveria ir para os boxes reparar seu carro, que tinha problemas na carenagem, uma parte do capô estava levantado, Aberdein acabou não retornando para a pista. René Rast também abandonou logo em seguida, cerca de 1 volta após realizar seu pitstop, Rast abandonou pois sentiu perda de potência, durante a relargada o carro de Rast já apresentava problemas, já que caiu para a 6ª colocação.

 Eng disparou na liderança e a emoção na parte final ficou por conta de uma ultrapassagem de Rockenfeller sobre Green e da disputa entre Joel Eriksson e Nico Müller pela segunda posição, Müller ameaçou o sueco em duas oportunidades, possuía um carro bem rápido, e embora na ultima volta Eriksson tenha cometido um erro, Müller não conseguiu aproveitar a chance e cruzou a linha 2 décimos atrás de Eriksson.

 Phillip Eng cruzou a linha 8 segundos e meio a frente de Joel Eriksson, segundo colocado. Uma grande corrida do austríaco para conquistar sua primeira vitória em 23 corridas no DTM.
O piloto do dia foi Mike Rockenfeller, do Audi #99 que largou em 16º e terminou em 5º, vale destacar também as provas de Paul DiResta levando seu Aston Martin para a 8ª colocação e Von Habsburg com a 9ª colocação.

"Eu quero dedicar essa vitória para Charly Lamm, ele era um grande amigo de muitos de nós aqui, e era um mentor especial para mim. Ele me disse para seguir meu sonho. Eu fiz isso e aqui estou eu. Obrigado Charly, eu realmente pude sentir você do meu lado hoje."



Disse Eng após a vitória, lembrando Karl "Charly" Lamm ex-chefe da BMW Team Schnitzer que faleceu em Janeiro. O DTM retorna amanhã para a segunda prova de Zolder às 5:20 da manhã acontece o treino classificatório e a segunda corrida às 8:15, a transmissão fica por conta do canal oficial do DTM no Youtube.


Por: Mauricio Campelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário