Breaking News

terça-feira, 1 de outubro de 2019

E aí nação, lembra? Felipe

Foto: ESPN.

Felipe nasceu no Rio de Janeiro, em 22 de fevereiro de 1984. Teve seu início de carreira nas categorias de base do Vitória e teve passagem por quase todas as divisões de base da seleção brasileira. O jogador é conhecido por falar o que pensa como aquela frase da final do carioca em 2014, “Ganhar roubado é mais gostoso”, onde o jogo terminou 1x1 e o Flamengo levou o caneco.

O goleiro Felipe foi promovido ao time principal do Vitória em 2002, porém foi pouco utilizado nos quatro anos de clube, sendo titular apenas no seu último por lá.
 Acabou saindo do clube graças à liminar obtida por causa de racismo, após uma discussão com o então dirigente Paulo Carneiro, que foi demitido algum tempo depois. Felipe acusou Carneiro de tê-lo insultado com declarações racistas. Após o caso, o goleiro moveu um processo contra o dirigente.

Em 2006 foi para o Bragantino, onde disputou a série B do campeonato brasileiro defendendo a Portuguesa, mas sofreu uma lesão e retornou para o clube de Bragança, onde jogou o campeonato paulista de 2007, chegando as semifinais.

Ainda em 2007 o goleiro chegou ao Corinthians. Onde foi titular na maioria das partidas, mas não conseguiu evitar o rebaixamento do clube paulista, mesmo com o rebaixamento Felipe foi indicado ao prêmio craque do brasileirão. No ano seguinte, em 2008, ele foi um dos destaques da copa do Brasil, onde o Corinthians foi vice-campeão e destaque da série B também. Neste ano o goleiro não tomou nenhum gol jogando em casa.

Em 5 de agosto de 2010 ele fechou com o Braga de Portugal, onde foi pouco utilizado. Em 17 de dezembro de 2010, ele fechou com o Flamengo, clube onde declarou ser torcedor ainda quando jogava no Corinthians.
Sua estréia foi no dia 9 de janeiro de 2011 em um amistoso contra o Londrina em que terminou empatado em 0 a 0 e ele agarrou um pênalti. Anos mais tarde o jogador caia nas graças da torcida rubro-negra ao ser o herói da classificação do time para a final da Taça Guanabara, ao defender duas cobranças de pênaltis diante do rival Botafogo.
Na despedida de Petkovic, também ganhou destaque por fazer quatro defesas importantes e evitar que o Corinthians, seu antigo clube, saísse com a vitória do Engenhão e estragasse assim a despedida do sérvio. Por essas quatro defesas importantes, onde foi eleito a "muralha da rodada". Após uma temporada defendendo o clube carioca, emprestado pelo Braga, o Rubro-Negro acertou a compra de 100% dos direitos do goleiro, com o contrato de quatro anos.
Por motivos de doença, o goleiro havia pegado dengue, e perdeu a vaga de titular pelo Flamengo, e só com a chegada de Dorival Júnior, no dia 25 de julho, para o Flamengo, voltou a ser titular no gol do clube Rubro-Negro. Em 2 de fevereiro de 2014, defendeu o seu décimo pênalti pelo Flamengo na vitória por 5 a 2 contra o Macaé, em que o goleiro foi um dos destaques do Flamengo a partida. Em 27 de janeiro de 2015, após quatro anos no Flamengo e com três títulos conquistados, a diretoria rubro-negra e seu empresário Marcelo Robalinho, oficializara a demissão.
No dia 23 de abril de 2015, o Felipe fechou com o Figueirense até o fim de 2015, mas a apresentação só aconteceu no dia 13 de maio. Estreou contra o Santos, onde, seu time acabou perdendo por 3 a 0.
Em 2016, Felipe assinou um contrato com o Bragantino, para a disputa do estadual após curta passagem pelo Figueirense na reta final do Campeonato Brasileiro de 2015, Felipe retorna ao time que defendeu em 2007. Em 2017 o goleiro fechou um contrato com o Boavista, onde disputou o campeonato carioca e no ano seguinte em 2018 com o Uberlândia. Atualmente Felipe está com 35 anos e defende o Kisvárda da Hungria.
Curiosidade: Felipe teve seu contrato rescindindo com o Corinthians ao vivo durante o programa Jogo Aberto, após uma discussão com o presidente Andrés Sanches.
TÍTULOS:
Vitória: Campeonato Baiano 2003, 2004, 2005 copa do Nordeste em 2003


Corinthians: Campeonato Brasileiro Série B: 2008, campeonato Paulista: 2009 e copa do Brasil: 2009

Flamengo: Taça Guanabara: 2011, 2014, Taça Rio: 2011, Campeonato Carioca: 2011, 2014 e Copa do Brasil: 2013

Boavista: Copa Rio: 2017

Por: Iago Jesus
Twitter: @iagojesus07
Instagram: iagojesus07

.




Nenhum comentário:

Postar um comentário