Breaking News

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Em jogo decisivo pela libertadores o Grêmio foi irreconhecível e acabou sendo goleado


        O torcedor cansou. Na noite desta quarta-feira (23), o Grêmio foi ao Maracanã na busca da vaga para a final da libertadores da América. Até os 40 minutos da primeira etapa o Grêmio conseguiu segurar bem a partida e dava esperança que seria um jogo equilibrado, mas aos 42 minutos, em um rebote do goleiro Paulo Victor,  Bruno Henrique abriu o placar.


Na volta para o segundo tempo nos minutos iniciais o Flamengo amplia o placar, se consolidando na partida, desnorteando o time do Grêmio. o terceiro gol foi uma penalidade cometida pelo Geromel,  convertida por Gabriel Barbosa.

      📷   Richard Dücker

Na sequência do jogo só deu Flamengo na partida que chegou ao gol mais duas vezes com  Pablo Mari e Rodrigo caio, transformando a noite do Grêmio em filme de terror. Enfrentamos um time bom, bem treinado e encaixado;  e o que dá pra tirar de lição é que 2017 já se foi, a direção tem que sair da bolha com as falácias, de se acomodar com rótulos de apenas disputar as  competições. Só disputar não serve, precisa ter garra,  vontade, sangue e suor;e isso faltou no time do Grêmio na copa do Brasil e na libertadores, que se despediu de uma maneira vexatória 

O que resta agora é lamber as feridas entender que não se ganha jogo com 10 em campo, que "jogador" que não honra a camisa não Merece  nem passar na frente da arena, tá na hora da direção acordar e rever o planejamento, pois corre riscos de não conseguir uma vaga direta para a libertadores de 2020.




Ficha técnica

Flamengo 5x0 Grêmio

Copa libertadores da América (semifinal)

Local: Maracanã, Rio de janeiro

Juiz: Patricio Loustau (Argentina)


Flamengo: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Diego 41'/2ºT), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Piris da Motta 22'/2ºT); Bruno Henrique (Vitinho 28'/2ºT) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.



Paulo Victor, Paulo Miranda, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Matheus Henrique, Maicon (Diego Tardelli 17'/2ºT), Alisson (Thaciano 30'/2ºT) e Everton; André (Pepê 13'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Gols
Bruno Henrique 41'/1ºT (1-0), Gabigol 1'/2ºT (2-0), Gabigol 10'/2ºT (3-0), Pablo Marí 21'/2ºT (4-0) e Rodrigo Caio 25'/2ºT (5-0)


 Cartões amarelo:Rodrigo Caio (FLA) e Kannemann, Everton (GRE)



Por: Veridiana Barbosa


Nenhum comentário:

Postar um comentário