Breaking News

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Inclusão e Engajamento Social no Futebol




   Tanto no Brasil, quanto no resto do mundo, futebol, machismo e preconceito estão intimamente atrelados ao cotidiano de quem frequenta estádios de futebol. Gritos de “Bicha” na hora do tiro de meta, “time de viado” e demais ofensas homofóbicas e até mesmo, raciais são (infelizmente) presenciados por frequentadores das arquibancadas.

    Porém, pelo fato de, felizmente, já estarmos no século XXI, muitos clubes estão se mobilizando para trabalhar na inclusão de algumas classes que, historicamente, sempre foram segregadas. Os times da Premier League, Bundesliga e de demais competições europeias já realizam este trabalho de conscientização com exímia perfeição, com campanhas tanto nas redes sociais, quanto nos estádios.

    A campanha do Borussia Dortmund em 2016, foi um marco neste processo. Com uma gigantesca faixa na arquibancada com os dizeres: “Gemeisan Gegen Homophobie” (Todos juntos contra a homofobia) gerou a reflexão de boa parte dos aurinegros no estádio e, posteriormente, um enorme respeito e empatia pelo próximo. Vale ressaltar também, as campanhas anuais da Premier League, tanto digitalmente quanto em campo, com a layoutização do escudo do clube e da faixa de capitão com a bandeira LGBT, para promover a inclusão nos estádios na terra da rainha.

Borussia Dortmund

   No Brasil, o pioneiro é o Bahia. O esquadrão, através de sua diretoria extremamente inclusiva e um excelente departamento de marketing, vem fazendo um trabalho impecável tanto no twitter, quanto na Arena Fonte Nova, realizando campanhas contra o preconceito, sobre abandono paterno, dentre outras diversas causas sociais e de direitos humanos.

   O Bahia vem se notabilizando e ganhando admiradores por todas as partes do país, com manifestações contra o racismo, LGBTfobia, em favor da demarcação de terras indígenas, além de ações de viabilização da denúncia de assédios dentro dos estádios.


Campanha do Bahia “Não tem jogo sem demarcações” Foto:EC Bahia

   É de suma importância, que os clubes brasileiros se engajem socialmente, assim como o Bahia e os demais clubes europeus, visando a inclusão de todos os públicos no esporte. Somos um povo extremamente rico culturalmente e diversificado socialmente, com pessoas de diferentes gêneros, raça, sexo e crédulo, que apesar de todas as diferenças, amam futebol.

   Temos conhecimento da dificuldade de fazer do futebol, um esporte mais inclusivo, porém, graças a atitudes como a do Bahia, vê-se ainda uma oportunidade de os clubes brasileiros abraçarem esta bandeira da inclusão e de que o futebol é para todos.

    Assim, aos poucos, vamos mudando a mentalidade dos brasileiros e fazendo a frase do autor estadunidense Henry David Thoreau, se transformar em realidade, pois, nunca é tarde para abrirmos mão dos nossos preconceitos.


Foto:Premier League


Por: Davi Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário