Breaking News

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Aplausos para a gestão fraca, futebol horrível e técnico covarde

UHUL, parabéns!! Foto: Ricardo Duarte/Internacional
E parabéns Internacional, por mais um estresse pós-jogo, por mais um desconforto psicológico criado por estes que "vestem" o manto de um campeão mundial e seu treinador. Agora contra o CSA de Argel Fucks com gol de pênalti convertido por J Gomez. A covardia custa caro, entre um à três pontos conforme as rodadas do campeonato brasileiro. Fora de casa, outra partida sem vencer. Graças a Deus eu te conheço, Inter.

 E aí, qual o argumento?

 Mais uma vez a romantização dessa maldita série B?! Reconstrução? Plano de gestão? Outra vez? O presidente tuiteiro vai mandar fazer promoção de ingresso? E o Melo, irá reclamar da arbitragem? Enquanto houver falta de vergonha na cara, falta de ambição, as reclamações estapafúrdias e os caramba a 4 tornam-se secundárias.

 Tenho uma sugestão: o digital influencer que só faz agenda positiva, que sabe se lá o motivo convive entre os eventos de consulados do Sport Club Internacional... Sabe ele? Qual oferecer uma psicóloga para consultar os colorados? Com o salário do dito cujo. É o mínimo do mínimo.

Desde quando Inter necessita de digital influencer para expandir a marca do clube?! Marketing não existe? Vale dizer que (o marketing), melhorou bastante se comparando aos anos de 2016 até este. Porém segue longe de ser o melhor. Quer uma dica? Olhe para o Nordeste, de preferência para o Bahia. Ah, deixa pra lá, é muita aula acumulada para quem não entende o tamanho da instituição.

TEMOS PRESIDENTE? TEMOS GESTÃO? SERÁ QUE TEMOS JOGADORES QUE ENTENDEM MESMO O TAMANHO DA INSTITUIÇÃO SPORT CLUB INTERNACIONAL??

Me tirem a dúvida, por gentileza.

E vem cá (...)

Internamente, quem está sendo voz maior ao clube do "povo"? O presidente tuiteiro não é, o vice reclamão também não. Quem será?  Hum, talvez seja o "semiDeus" que rebaixou o clube e se esforça ao máximo para livrar-se tal responsabilidade.

Time estupido, jogador egoísta, fominha, outro preguiçoso e outros limitadíssimos, péssimos e atos falhos em forma de atletas. Treinador sem pulso para gritar, para impor respeito. Passar a Mao na cabeça é totalmente o contrario de respeito. Quem deve ganhar "mimo", "defesa" é o torcedor sendo ele sócio ou não. Quem se acovarda não entra para a história. Seja dirigente, jogador, comissão técnica e torcedor. Melhor já pensar em 2020. Domingo, o torcedor estará no gigante para sempre. Pela instituição APENAS.

Próxima partida de show de horror colorado será dentro de casa. Domingo 13/10, às 16:00, em Porto Alegre. Estádio Beira-Rio.

   Hugo Severo - @scihugofs

Nenhum comentário:

Postar um comentário