Breaking News

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Especial: Heróis de 19 - Rafinha

Reprodução: Instagram Rafinha

Após um longo namoro entre Rafinha e Flamengo, durante a parada para a Copa América o clube anunciou a contratação do experiente lateral direito ex-Bayern de Munique. Apesar de o jogador ter o currículo vitorioso que tem a sua contratação foi questionada por alguns comentaristas, inclusive, com um deles chegando a dizer que ele era do mesmo nível de Rodinei e Pará.  

Logo na sua estreia, contra o Goiás, o lateral de 34 anos provou que os críticos estavam muito errados. Com direito a chapéu, triangulações, tabelas, principalmente com Éverton Ribeiro, Rafinha deu uma verdadeira demonstração de como se joga um lateral de alto nível e, com exceção de um ou dois jogos, esse foi o padrão jogado durante toda a temporada por ele. 

Dentre todas as contratações do Flamengo, e foram todas muito bem-sucedidas, na minha visão a contratação de Rafinha foi de longe a mais importante. Não fosse a chegada dele, o Flamengo passaria a temporada tendo Rodinei como titular, que desde 2016 vem cometendo falhas graves e provando não ter o mínimo de capacidade de atuar com a camisa do clube carioca. 

SHOW NO CLÁSSICO 
Logo no seu primeiro duelo contra um grande rival regional, o Botafogo, Rafinha fez uma partida impecável. Com constantes chegadas à linha de fundo ele ganhou todas as jogadas que tentou. Terminou o jogo com participação direta nos três gols. Deu duas assistências e fez toda a jogada do segundo gol, quando aplicou uma “meia lua” humilhante no lateral botafoguense. 
Reprodução: Alexandre Vidal / Flamengo


EXPERIÊNCIA NA SEMI 
O clima era tenso pro jogo de volta da semifinal da Libertadores, contra o Grêmio. O adversário de Rafinha pela direita era um dos melhores jogadores do futebol brasileiro, Everton Cebolinha. Graças à uma atuação muito correta do lateral flamenguista que demonstrou toda sua experiência durante o confronto com desarmes certeiros e tempo de bola perfeito, o jogador do time gaúcho nada fez na partida. 
Reprodução: Alexandre Vidal / Flamengo

Para muitos, Rafinha é o melhor lateral da temporada no futebol brasileiro. E não é para menos, depois de empilhar mais duas taças importantes na sua sala de troféus, dia 17 de dezembro o jogador rubro-negro estará no mundial de clubes e, se chegar à final, ele terá a difícil missão de marcar, principalmente, o senegalês Sadio Mané. Com tanto tempo jogando no alto nível do futebol europeu, espera-se que Rafinha seja peça chave nessa partida que pode dar a ele e ao clube carioca o bicampeonato mundial. 

Mais uma vez #jogaremosjuntos!


Por: Lucas Bazílio Nascimento
Instagram: @_lucasbazilio / Facebook: Lucas Bazílio
Uma vez Flamengo, Flamengo até morrer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário